terça-feira, 5 de junho de 2012


A Neutralidade



A Neutralidade

Se:
A LUZ gera LUZ
e
“A sombra é a ausência da LUZ”;

posso e devo achar que existe algo aqui,
fora deste princípio de claro/escuro,
como a neutralidade,
sem ser uma coisa ou outra?...
Percebo que tal “distanciamento”,
ou não posicionamento,
me leva ao não gerar  LUZ
e assim,
me posicionando na “sombra”?


Pela própria natureza (Criação),
o homem pôde perceber e conhecer
o dia/noite, o claro/escuro,
não havendo aí, uma terceira condição.
Há sim, a passagem/transição
de uma condição a outra,
onde o sol se faz presente pelo amanhecer,
revelando o dia, a claridade e sua LUZ
ou ausentando-se, ao fim da tarde,
dando vez a noite, a escuridão.

Mas não há esta condição de não ser
uma coisa nem outra, de fingir
ou parecer que é dia.
O homem até “inventou” isso com lâmpadas,
para tentar ocultar/disfarçar a noite/escuridão;
entretanto, sabemos que é
uma luz artificial, falsa...

Só que muitos, na sua vida e conduta,
assim também estão seguindo na artificialidade:
tentando “ocultar” a escuridão,
com uma dita neutralidade ou “luz”.  
Sim!... Pois não se posicionam,
gerando LUZ na prática/conduta,
porém apregoam pela fala;
ligam interruptores,
acendem lâmpadas para
representar.

Se não gerares LUZ,
no escuro estarás!  

Há de se observar,
que dentro deste quadro

de dia/noite; sim/não; claro/escuro...
você se posiciona, e muito bem,
no seu dia a dia;
efetuando “as coisas”, dentro do que
você gosta e quer, do que lhe agrada
ou lhe dá prazer.

Assim, determine-se!
Gere LUZ,
pelo trabalho do rever-se, pela doação,  
aplicando a VERDADE...
ou saibas onde, de que lado estás.

Pois, assim como nós, humanos, sabemos
que as lâmpadas somente “disfarçam” a noite,
o Universo Evolutivo sabe
onde estão aqueles que atuam
com a sua LUZ verdadeiramente,
já que estes,
geram mais LUZ.

ArqueiroHur


Nenhum comentário:

Postar um comentário