quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Consciência II...


Publicado em 26 de agosto de 2012

Quando experimento o silêncio, calo-me diante do barulho e do alvoroço dos egos (meu e dos outros) - de suas questões, seduções, ilusões, artifícios...

Fecho os olhos para as atrações do mundo e reservo-me  das situações, das “oportunidades” e dos sentimentos efêmeros e vãos. Resguardo-me de minhas emoções e distancio-me do que me perturba, inquieta e desequilibra.

Neste momento, visito-me profundamente, harmonizo-me com meu Ser... Experimento o Amor, a Sabedoria, o Amparo Divino...

Sou tomada por um sentir profundo, que se expande do meu coração ao Todo, e que volta contraindo, do Todo até meu coração...

Sou envolvida pela simplicidade da Luz, da Verdade,  da Vida, da Natureza de cada Ser, do que cabe ao meu Ser...

Então me entrego e me deixo mover pela certeza do que me cabe “ser” e “realizar”...

** Que me caiba exercer o silêncio e realizar o que me cabe realizar...!**


Usee


Nenhum comentário:

Postar um comentário