terça-feira, 28 de agosto de 2012

Palavras...


Palavras...!
Convencem da mesma forma que dissuadem! Equilibram e desequilibram!
Iludem da mesma forma que desiludem! Esclarecem e obscurecem!
Afirmam/reafirmam ou contradiz...!

                                                                                    Google imagem

Quando há um propósito, um apontamento, uma orientação, uma verdade a ser dita, as palavras devem evidenciá-los com clareza...

Palavras surtem efeito e produzem consequências! Por isso, a força com que nos alcançam depende do testemunho e da firmeza de quem as pronuncia (caso contrário esvazia-se seu sentido...).

O terreno onde as palavras caem precisa ser fértil, caso não seja, deve ser reparado, tratado, preparado. Seu semeador deve ser habilidoso, cuidadoso, deve ter intenções puras e coração sincero...

Só assim as palavras proferidas podem esclarecer, dar a conhecer, dar entendimento, mostrar o caminho da Verdade e da Luz. Só assim poderão ser compreendidas, acatadas e guardadas no coração...

Então, que saibamos observar e estar atentos às palavras que escutamos e/ou pronunciamos...


Usee


Nenhum comentário:

Postar um comentário