sexta-feira, 14 de setembro de 2012

O sentido...



Nenhum outro ser, além do humano, se interroga e/ou questiona sobre o sentido e finalidade da vida.





Todos os seres, do microscópico e desconhecido ao mais manifesto e conhecido, expandem, dando a perceber o Amor Universal. Todos explicitam o Amor Divino, emanam amorosidade, Cor, Luz, Sintonia, Harmonia, vivem segundo sua natureza e destino...

Nós humanos perguntamos, e mais perguntamos!
Inquietamo-nos, supomos, suspeitamos, tememos...!
Sim! Muitos de nós tememos... Ao que tememos? Sabemos?

Perguntar sobre o sentido não faz mal. Porém, a cada pergunta feita, a cada “suposição” levantada, nos afastamos da verdade que o existir encerra. Pelo simples fato destas não incluírem a observação e o entendimento sobre nós próprios, e por não nos incluirmos, conscientemente, na Criação (sabendo o que isto significa e representa!).

[posso até afirmar que sou fruto da Criação, mas sei o que isto significa, realmente sei? Este “saber” tem um peso e uma responsabilidade...]

Se não conseguimos encontrar o sentido dentro de nós é porque estamos muito longe de compreender-nos enquanto existência “encarnada” no mundo, realizando um Projeto Divino e Universal, em comunhão consubstanciada com o Todo.




Fora desta comunhão não passamos de “coisas”! Coisificadas!

Quem se sabe e reconhece enquanto Ser, quem está consciente do que lhe cabe, procura viver segundo o que lhe é devido....

Aqueles que não sabem e não vivem segundo esta referência, não se “reconhecem” como filhos; obra da Criação, não sabem olhar ao redor, não sabem perceber e sentir o Amor, patente no que os cercam e em si mesmos.

Para estes, o Conhecimento e o Amor nada revelam!
Portanto, não gozam da luz da inteligência, não usufrui do sentir do coração, apenas se deixam levar pela vontade cega; norte de seus desejos, vivem uma amnésia interior.

Façamo-nos cientes!:

- Foto: Aleh - 


O sentido da vida não se alcança 
senão vivendo-a segundo a Unidade, 
segundo o Amor que o Ser revela.

Isto constitui transcendência e imanência, 
encontro, doação, entrega, amorosidade, 
simplicidade, retidão, integridade, sintonia..., 
ante e perante a Vontade Divina!


Usee

Nenhum comentário:

Postar um comentário