sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Os pedidos, ‘quem’ os atende? (I, II, II) - ArqueiroHur






Os pedidos, ‘quem’ os atende?

Você já se perguntou quanto a:
Quem atende aos seus pedidos?

Se isto tiver alguma importância pra você,
questione:

- Será que a Criação não sabe do que necessito?

- Será Ela capaz de tirar de um
(fazer ‘perder’, dar ‘azar’...)
para ‘agraciar-me’
(dando-me ‘sorte, fazendo-me ‘achar’)?

- Será que é Ela que ‘sintoniza’ com os meus
desejos ou querer?
Nota: lembre-se desta fala,
“Que seja feita a SUA VONTADE PAI,
não a minha.”

- Será a Criação capaz de discriminar, segregando
por localidades, renda, cor, e etc.,
‘favorecendo’ a uns por ‘castas’, origens, etnia;
‘esquecendo’ de outros?...
Nota: e esta outra fala,
“Somos TODOS IGUAIS perante a Criação”,
esqueceu-se dela?

Hummmmmmmmmmm!...

Alguns estão ‘pensado’: 
- Sou ‘merecedor’! 
Fiz por onde 'ser agraciado'.

Mas o que é ‘ser merecedor’?...

Dentro de qual parâmetro, de qual 'ordem' este 'merecimento se dá
(rezei mais, doei mais 'meu tempo' ao trabalho ou estudo, àquela
causa/pessoa, enfim...)?


O ‘merecimento’ é uma Lei da Criação
ou é calcado, fundado em conceitos
(religiosos ou sociais)
e que se tornaram convicções humanas?...
  
Para quem se questionou ou o está fazendo,
sobre este assunto, ‘amanhã’ ou num depois 
darei continuidade.

ArqueiroHur
http://arqueirohur.blogspot.com.br/2012/10/os-pedidos-quem-os-atende.html


*******     **    ********     **         ********   **  ******      ****




Os pedidos, ‘quem’ os atende? – II

Fico ‘pensando’ em como se dá estas questões do 
‘merecimento e pedidos' em outros ‘planos’ e reinos.

Como exemplo: 
Um leão deve ser 'bastante merecedor’ ou ter pedido muito, 
para ter a vida que tem.
Pois, com exceção dos homens e suas armas,
na natureza são poucos os animais que o ‘enfrentam’
ou o desafiam. 
Ele é o 'soberano', até mesmo caçando menos que suas fêmeas. 

Em contrapartida, um inseto que fecunda as flores, 
garantindo seus frutos e renovação;
é ao mesmo tempo alimento de várias outras espécies 
como passarinhos, aranhas, sapos e mais...

Então, por esta visão/lógica de ‘merecimentos e pedidos’, 
estes insetos não possuem nenhum merecimento, 
mesmo realizando a fecundação das flores, 
ou não são escutados pela Criação...

Oh, sim!... 

Ia me esquecendo: 
O ‘merecimento e pedido’ está vinculado ao Ser humano, 
que se comunica por diversas vias,
e tem o ‘raciocínio/inteligência superior’, 
além de ser a 'imagem e semelhança', 
não é?...

É bem provável mesmo!

Pois nenhuma outra espécie se distanciou tanto do seu ‘plano divino’, quanto nós, humanos...


Vou me valer do ‘pensamento’ do Mestre
Omraam Mikhaël Aïvanhov e das Edições Prosveta
de 01.10.2012:

"Se puserdes na terra um caroço
ou uma semente de limão, de maçã ou de melão,
vós não lhes dizeis:

«Ouve bem: o teu programa é tornares-te
 um limoeiro, uma macieira ou um meloeiro.»

O caroço ou a semente
já têm um programa inscrito neles,
basta plantá-los para que esse programa se realize
e eles se tornem o que a natureza espera deles.
Eles agarram-se à terra e, dia após dia,
vão-se desenvolvendo.

Quando uma fase está terminada,
eles passam à seguinte,
não se questionam sobre o que têm a fazer
daí a um ano ou cem anos.

Por que é que eu estou a falar-vos de árvores?
Porque o ser humano também é uma semente
que tem o seu programa inscrito nele
pela Inteligência Cósmica.
Ele ainda não é capaz de o conhecer
porque não para de elaborar por ele próprio
programas que só obscurecem a sua vista
e o fazem desviar-se do seu caminho.
Ele deve manter-se interiormente livre,
disponível,
para descobrir o esquema inscrito
profundamente na sua alma."

    
Retornarei em breve a este assunto.
Mas você já começou a ter uma ideia de 'quem' atende aos 
'seus pedidos'?
ArqueiroHur


*******     **    ********     **         ********   **  ******      ****

Os pedidos, ‘quem’ os atende? – III



Os pedidos, ‘quem’ os atende? – III
No Universo Evolutivo, toda a Criação
(em qualquer reino ou espécie)
sabe o que seu filhote/cria necessita para o seu ‘crescimento, evolução e caminho.
E assim,
fornecem tudo o que lhe for possível para que
ele venha a dar os seus passos e seja o responsável
pela continuidade da sua espécie.
Até que saibam andar, voar, nadar, caçar, enfim...
Até que possam se defender e se alimentar.
Todos são amparados e protegidos,
cuidados e alimentados.
A Criação não os abandona!
Lhes ensina e dá o exemplo, orientando e alertando 
sobre as ‘pedras do caminho’.
A Criação sabe exatamente o que fazer e dar!...

Nossos pais em cada encarnação, também assim procuraram proceder. 
Digo ‘procuraram’, pois não posso ignorar os ‘conceitos’ 
que atuaram e atuam sobre eles e nós, limitando, 
tolhendo e encaminhando esta ‘criação’ para a dependência,
não para a Evolução...
Mas eis aqui o nosso ponto de conflito e discórdia:
nossos pais!
Sim, afinal em que você acredita:
- Seus pais terrenos, que lhes alimentaram, protegeram,
cuidaram, sustentaram e etc., 
‘são ou representam’ a Criação diante do TODO aqui?...
- Você é fruto deles ou eles foram os instrumentos que
permitiram, com seus corpos, que você encarnasse/reencarnasse aqui?...
É!... Esta sua resposta é determinante
e define/definirá os seus passos nesta jornada.
Pois, se você ‘se considerar’, “se ver”, ‘se SENTIR’
como Fruto da Criação, como espírito/essência,
fazendo parte do Universo/processo Evolutivo:
- Irás deixar de pedir.  
- Irás confiar Nela, como um filhote de passarinho o faz,
ao se lançar do ninho nas alturas; 
sabendo que tens e terás sempre o que necessitar para o caminhar,
dentro de si mesmo.
Não tendo manhas ou temores. Desejos ou vontades.
- Irás ser Um com Ela e desta forma, completo.
Enfim, irás procurar se desvencilhar dos conceitos
e vícios de padrões e costumes, 
caminhando com a firmeza e serenidade de SER.
ArqueiroHur

Nenhum comentário:

Postar um comentário