sábado, 24 de novembro de 2012

O Coração sabe...





O coração sabe qual é o caminho, quais devem ser as escolhas, os passos, as decisões...

Entretanto, quase sempre, não é ao coração que se atende (ou se procura atender), nem é o caminho que ele indica que se segue (ou se procura seguir), nem as escolhas, os passos, as decisões...

A sabedoria popular, sem ao menos saber o que diz (a força que tem), aconselha em determinadas ocasiões ou situações: “segue seu coração!”.

“Seguir” o coração significa escutá-lo, deixar que nos guie... 

Em estado de pureza (quando puro), o coração é o melhor conselheiro e guia. É ele que nos instrui!

Sua instrução, da qual nos cabe ciência e consciência, revela a Lei e o Princípio, Divino e Universal, que deve governar e dirigir nosso Ser.

É preciso, então, que nos permitamos ser instruídos... Mas antes, é preciso esforçar-nos e trabalhar para mantê-lo puro...


Usee


O que já é sabido:




Foto: Usee


Ninguém pode servir a dois senhores,
porque ou adiará a um e amará o outro,
ou dedicar-se-á a um e desprezará o outro.”

[Mateus 6; 24]



quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Me cabe mudar-me...


Foto: Usee

 Não me cabe, nem posso,
querer mudar os outros;
em suas escolhas, atitudes,
e comportamentos.
Ou querer mudar o mundo;
dando a ele outro rumo...

Mas me cabe, é devido e posso
mudar-me a mim mesma;
de dentro para fora,
a fim de refletir e transparecer
meu interior e meu Ser
em minhas escolhas, 
atitudes e comportamentos.

Usee



sábado, 17 de novembro de 2012

Encontro libertador...


Foto: Usee

A consciência que habita em cada um
é a chave para o (re)encontro com seu Ser,
com os outros e com o Ser Universal - DEUS.

Este encontro é libertador!
Produz transformação...

Por ele, rompe-se com estado de ignorância
e cria-se a condição do reencontro efetivo,
consigo, com os irmãos sobre a Terra,
com a Luz, com o Amor e o Amparo Divino.

Usee


Saudade de "casa" - ArqueiroHur




Saudade de “casa”...

Quando se está em si,
é lá que você esta.
Em qualquer canto ou lugar...

Sem separação ou cisão,
como ter saudade?

Se me “falta algo”,
O que será?...
Onde estará?...
Algo “de fora” poderá me completar?...

Quando se está em si,
sem temor de sê-lo,
não se “emprenha” seja lá por que for:
pela “fala” de um ou “brilho” de algo.
Não há prazer nem dor,
nenhuma sensação...

Apenas o estado de SER,
de estar aqui ou ali
sem vazio, completo...
na minha casa, meu lar
que está onde se estiver.
Somente,
fortalecendo a vontade
de assim permanecer e ESTAR.

ArqueiroHur



sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Coração X Intelecto -- Omraam Mikhël Aïvanhov



Horas depois de ter escrito o texto que postei abaixo; Os sinais do Coração..., tive acesso a este escrito de Omraam Mikhël Aïvanhov, que partilho. 



Foto: Usee

 "O intelecto, por si mesmo, não tem qualquer preocupação moral: ele procura, encontra, inventa, arquiteta, combina, sem se preocupar com o modo como as suas invenções serão utilizadas. Assim, graças às suas faculdades intelectuais, os investigadores puseram à disposição dos humanos meios técnicos extremamente perigosos sem se questionarem sobre quais os propósitos com que eles os utilizariam. Sendo o pai das investigações, o intelecto é também o pai das utilizações. Quando os primeiros químicos começaram a isolar gases, teriam eles imaginado que outros iriam utilizá-los para matar milhões de pessoas?

Foto: Aleh

Só o coração pode remediar os efeitos malfazejos do intelecto. Se o coração não ocupa o lugar que lhe cabe relativamente ao intelecto, isso será a perdição da humanidade. No passado, houve culturas e civilizações que ultrapassavam a nossa e que desapareceram por causa da preponderância dada ao intelecto em detrimento do coração, pois o intelecto impele sempre os humanos para o caminho do egoísmo, do domínio, da injustiça, da submissão dos seres e da natureza. [...]."

Pensamento publicado em 16 de Novembro de 2012.


Os sinais do Coração...: quem por eles se instrui?




Google imagem


Muitos ignoram, não reconhecem ou não se dispõem reconhecer os sinais do Coração, no que Ele lhes deseja instruir.

Outros reconhecem, mas os rejeitam. Menosprezando, os colocam de lado, recusam-se à instrução.

Tão absorvidos estão...! Tão ocupados e “preocupados” com o que lhes cercam, interessam e “urge”!!

Parafraseando o Livro Sabedoria (15;12), encaram a vida com (como um) divertimento, tomam a existência, sua e de todos que “julgam” estar a seu dispor, como um mercado lucrativo.

Sim! Esta é a tônica que imprimiram e imprimem à Vida e a Existência!

Então, como reconhecer e escutar-se interiormente, deixando-se instruir e guiar pelo Coração?

Como escutar e observar o que lhes é anunciado e apontado...? 

É... Como...??

Foto: Usee

Poucos são os que escutam seu Ser, se reconhecem Nele e, assim, observam, compreendem e se guiam pelo que lhes diz o Coração; seguindo sua instrução.

Estes poucos, na medida em que o fazem, assumem a responsabilidade e se entregam, na realização gradativa (Evolução) do que lhes cabe e é devido enquanto aqui estiverem.

Estes “cumprem o contrato de seu Ser”...!

Usee



quarta-feira, 14 de novembro de 2012

"Oportunidade"


Foto: Usee

Não interessa a razão  de ser - o porquê -,
de cada situação, condição ou acontecimento.
Não há, exceto no conceito humano,
um “ruim” ou “bom” momento.
O que há é a “oportunidade”, 
que é dada para aprender e se rever, 
para não mais repetir, para, interiormente, 
se purificar, se fortalecer...

Usee


sábado, 10 de novembro de 2012

Equilibrio


Foto: Usee
                                            
Se é pela ignorância
que externo incide sobre cada pessoa,
instala o desequilíbrio interior
e a afasta de seu Ser/Essência.

É através da consciência
que se rompe com esta condição,
se restabelece o equilíbrio 
e o retorno a Si se dá...

Usee


sexta-feira, 9 de novembro de 2012



... “O caminho é árduo” e “A porta é estreita”!

O esforço para estar no caminho deve ser constante...


                                                              Foto: Usee

Estou ciente de que apenas posso purificar meu interior
quando revejo e mudo minhas atitudes todos os dias,
aprendendo com as consequências que elas produziram.

Além do esforço contínuo, devo silenciar-me, aquietar-me; 
me entregar através da meditação e da oração.
Praticando-as me alimentarei interiormente.
Alimentada, poderei purificar-me, mente e pensamento.

Assim, terei força para determinar-me ao caminho;
modificando meu jeito de ser e estar aqui,
procurando estar em consciência e consciente;
afim de cumprir o que cabe a meu Ser...


Que a Luz Divina me ilumine e fortaleça!
Que a Vontade Divina guie meus passos!


Usee




terça-feira, 6 de novembro de 2012

Exame interior



Quando, pela atenção interior, me proponho e me submeto a um exame (também) interior, e quando este não é/for dirigido pela conveniência do ego (Sim! O ego também se propõe a exames...), tenho a possibilidade e oportunidade de detectar e/ou ver com clareza, o que me desequilibra ou distraí, prende e/ou desvia do caminho do Ser, o que impede meu silêncio interior e minha atividade espiritual...

Pelo exame interior (que não é o tão propagado exame de consciência!), posso reconciliar-me a meu Ser e a Unidade, posso mover-me no mundo, ciente e consciente do que me cabe e do que me é devido, sem me deixar afetar (ou libertar-me aos poucos do que me afeta).

[o que chamo de “exame interior” é a avaliação e reflexão que faço dos meus sentimentos, pensamentos, juízos, no sentindo de “saber” sua origem, a fim de repará-los OU preservá-los e cultivá-los ]

O exame interior se desdobra e exige a atenção ao externo (vigilância). Através desta atitude passo a identificar e reconhecer o que contradiz meu estado interior, quando/se sereno/tranquilo: o barulho, as seduções, ilusões e más vibrações, que passo a evitar.

Usee

ILUSÃO - ArqueiroHur


ILUSÃO...




ILUSÃO...


Valendo-me deste pensamento de HUBERTO ROHDEN :

O HOMEM REALMENTE ESPIRITUAL

É bem assim o homem realmente espiritual:

Não é um homem pacatamente virtuoso,
uma alma dogmaticamente mansa e domesticada
para encampar docilmente as crenças tradicionais.


O homem integralmente espiritual
é um intrépido aventureiro dos mundos ignotos,
um genial sonhador do infinito,
uma alma empolgada pela dinâmica inquietude metafísica
dos insatisfeitos, dos insaciáveis, dos descontentes
com o que “todos” sabem
e fascinado pelo que todos ignoram...

O homem espiritual,
surdo aos barulhos da turbamulta dos profanos 
e às teses dos catedráticos,
escuta intensamente vozes do grande silêncio
que principia além de todos os ruídos estéreis.
E o que esse silêncio anônimo lhe sugere
é mais sedutor do que tudo o quanto os discursos
e os sermões dos sabidos e afamados possam lhe dizer.” 


Do livro CosmoramaHUBERTO ROHDEN
Fonte: site www.imagick.org.br




Como Ser EU MESMO ‘escutando’ e seguindo ao que

disseram ser assim?...

Não me ouvindo?...

Procurando ser igual ou condescendente com a maioria?...

Com o que ‘cai bem’, por ser ‘mais fácil ou belo’?...



Sim!... 

Não me fazer em silêncio e deixar minha Voz Interior me 

conduzir,

CONFIANDO;

reproduzir ‘falas alheias’ como um ‘papagaio de pirata’,

me portar e conduzir ‘devidamente’ como a maioria dentro de
qualquer ‘linha ou padrão’ (religioso, social, econômico)

e “traduzindo” tudo dentro dos conceitos

é me iludir.



Somente Eu COMIGO MESMO, posso obter a revelação

da MINHA VIBRAÇÃO (DO MEU SER)  e nela me sintonizar.




Nada nem ninguém deste externo pode revelar o MEU SER!

Pois este externo ‘está longe’, muito distante
da Unidade com o TODO.

E se eu procuro a mim, devo desaprender, me libertar das
amarras

que este externo fincou 

e no meu silêncio me descobrir e me Unificar.



Sem a coragem e determinação de me lançar a MIM MESMO,
de OUVIR-ME;

e SEGUIR e SER  o que OUVI e SOU,

mantenho-me na ilusão do ‘pensar

/achar que estou e sou’ e que ‘estarei e serei’ (salvo,

protegido, enfim...)  na pretensa e discriminatória soberba humana.



Somente o silenciar-se e o afastar-se das ‘teorias humanas’
que ignoram e profanam as Leis da Criação

e desrespeitam as suas Criações/Criaturas,
é que me levará a realmente SER e PRATICAR
a ESPIRITUALIDADE,
a LUZ e o AMOR.


ArqueiroHur

Publicado em: domingo, 4 de novembro de 2012