sábado, 15 de dezembro de 2012

... Em mim, o curativo...


Foto: Aleh

Sempre fugi dos espinhos,
por medo de me machucar.
Quando acontecia de me ferir,
injuriava-me, me revoltava, remoía,
procurava me afastar...

Hoje, se/quando me firo,
deixo escorrer o sangue
e o ferimento cicatrizar.

Compreendo que sou suscetível,
mas que, sou eu que o permito;
[me ferir e machucar].

Busco em mim o curativo,
[a condição para me curar]
a fim de não me doer/remoer,
nem me desequilibrar.

Usee

Nenhum comentário:

Postar um comentário