sábado, 19 de abril de 2014

Silêncio e Respeito...


Postagem original em 16.03.2013













É somente quando aprendo a silenciar-me diante do outro, quando deixo de adivinhar ou supor, pela aparência, o que acontece em seu interior, e de julgar suas atitudes e escolhas, que aprendo a respeitá-lo.

Do mesmo modo, somente me respeito quando me silencio diante de mim, reconhecendo-me na condição de pessoa falha e de aprendiz, abrindo-me à revisão e ao perdão...

O outro, como eu, precisa dar seus passos, reconhecer-se, aprender, caminhar por si...


Mas entendamos!


“Respeitar” não é aceitar o outro em seu “modo de ser”; sendo conivente (seja por interesse ou indiferença)...

É perceber e compreender seu estágio ou estado de consciência (ou de ignorância), assim como percebo e compreendo o meu...

Este respeito se traduz em aprendizado..., um aprendizado que vai se dando todos os dias, pelo olhar, pelo observar, pelo reconhecer, pelo rever, pelo trabalhar...

Usee


Nenhum comentário:

Postar um comentário