sexta-feira, 19 de abril de 2013

Entendimento III



Não é nos dissolvendo no “mundo”, deixando envolver por ele, pelo “ter” e suas amarras, como indivíduos separados e privilegiados, que encontraremos o sentido da existência; nossa e de todos os outros.

Também não é por aí que nos reconheceremos e descobriremos o que nos cabe e é devido realizar...

O sentido da existência, não está nas “coisas”, nas pessoas, nas situações... (como coisas a ter/possuir/vivenciar), está por ser descoberto e compreendido dentro e a partir de nós mesmos; de cada um, na medida em que nos percebermos e reconhecermos como parte indivisa do Todo.

Usee

Nenhum comentário:

Postar um comentário