quarta-feira, 29 de maio de 2013

A dor e a Cura


Google Imagem

‘Cara fechada’, mau humor, indiferença, egoísmo, agressividade, descontrole, reação e ímpeto emocional etc. De onde vem tudo isso e o que significam?

É raro alguém parar, se perguntar e buscar compreender a origem, não é? E é comum entregar-se nas mãos de um ‘profissional’, esperando dele a solução ou cura.

FATO É: vivemos demasiado doentes, atravessados pela angústia, inquietação ou dor, emocional, mental e mesmo física, produzida/gerada pelo ressentimento/rancor/mágoa, pela carga dos traumas passados e/ou recentes e pela vibração dos carmas que produzimos. Somos afetados por tudo isso...

Somos afetados e deixamos de reconhecer que a cura passa, em primeiro lugar, pela aceitação do fato de que fomos e somos afetados por tudo isso, para então dar passos no sentido da revisão, do perdão, da limpeza. Quando isso acontece (reconhecer, rever, perdoar, limpar), damos passos importantes no sentido da cura!

Em segundo lugar, a cura acontece através do amor. Quando aprendemos a nutrir-nos desse sentimento, amamo-nos e aos outros, aceitamo-nos e aos outros, vibramos na Paz, permitimos sua vibração, e nos libertamos (da angústia, inquietação e da dor)...


Usee

Nenhum comentário:

Postar um comentário