quinta-feira, 9 de maio de 2013

PROCURA-SE - ArqueiroHur


Muitas vezes, sem nos darmos conta, nos perdemos e tornamos estranhos a nós mesmos, sem, no entanto, admiti-lo.

Através das atitudes e crenças que foram se formando em nós, das situações a que nos permitimos viver e insistimos em manter, etc. vamos enveredando túnel à dentro, adormecendo num sono profundo, mergulhando em ilusões, nos alienando, conformando..., até que um dia, acontece percebermos uma "luz no fim do túnel", de sermos acordados, despertados de um sono que parecia profundo...

Então somos levados, por nossa voz interior, a desejar um um outro caminho, um reencontro interior, um modo de ser; dirigido pela integridade e pelo pertencimento...

É quando acontece a necessidade de retorno a si e do reencontro, consigo, com o Ser e a fonte, dos quais nos apartamos...

O texto abaixo, do ArqueiroHur, ilustra a condição do perder-se o reencontrar-se..., sobre que é necessário para este o reencontro aconteça.

Usee


Postagem original, em 30.06.2012

PROCURA-SE!

Quem já não pensou que "perdeu",
quando esqueceu onde colocou alguma coisa?

Nestes momentos, fuçamos tudo ao redor,
perguntamos aos outros
e vamos ficando "meio perdidos" pela
suposta perda...

E se foi uma chave? rsrsrsrs....
Por ser algo pequeno, mas necessário,
ficamos "desesperados" 
e, invariavelmente, deixamos por último, 
para colocar "as mãos" no lugar mais óbvio: 
o bolso da calça ou a bolsa.
Onde em muitas ocasiões, a chave lá estava...

É, nesta busca de si mesmo, também fazemos isto:
vamos ali, acolá; voltamos a outros lugares, enfim... 
Ficamos "olhando" para fora, "perdidos na procura"
e esquecemos do lugar mais óbvio:
O NOSSO INTERIOR!

Você quer se achar,
quer PAZ, SERENIDADE?

Então "olhe" para você mesmo!
Pare e escute o pulsar do seu Coração,
sua Voz Interior.
Este é o seu Mestre Guia!

Deixe de lado o que "os outros" disseram ou dizem.
Acredite na VERDADE do Seu SER.
É Ele o detentor do seu caminho.

PROCURE-SE EM VOCÊ e SEJA VOCÊ!
E não se perca realmente,
procurando fora de onde você está.

ArqueiroHur





Nenhum comentário:

Postar um comentário