domingo, 6 de abril de 2014

"Estar ciente sem condenação"


Imagem Ilhéus-Pontal


“Não pense em fazê-lo, mas realmente faça-o agora. Isto é, esteja ciente das árvores, da palmeira, do céu; ouça os corvos crocitarem; veja a luz sobre a folha, a cor do sari, o rosto; então volte-se para dentro. Você pode observar, você pode estar cônscio sem escolha das coisas externas. É muito fácil.

Mas voltar-se para dentro e estar cônscio sem condenação, sem justificativa, sem comparação é mais difícil. Esteja simplesmente ciente do que está acontecendo dentro de você - suas crenças, seus medos, seus dogmas, suas esperanças, suas frustrações, suas ambições e todo o resto. Então a manifestação do consciente e do inconsciente começa. Você não precisa fazer nada.


 Jiddu Krishnamurti 




Nenhum comentário:

Postar um comentário