segunda-feira, 11 de agosto de 2014

As situações, o sofrimento e o aprendizado



Google Imagem


A essência do sofrimento é não enxergarmos toda e qualquer situação como aprendizado...”. [ArqueiroHur]*.

"Toda e qualquer situação" quer dizer: as que criamos, com nossas atitudes e ações, e as que se instalam em nós através da permissão, da acomodação, do conformismo, da reação, produzindo o sofrimento e sua manutenção.

Criamos situações, voluntariamente, por nossas escolhas e permissões (advindos todos do querer, das atitudes e ações), ou involuntariamente, quando o externo incide sobre nós sem aviso prévio (acidentes, incidentes, supostas perdas, etc.). Entretanto, aquilo que não se pode evitar (o involuntário), pode-se observar, aceitar e compreender como aprendizado, sim! – sua fonte/origem, dentro ou fora de nós, também deve ser observada, para produzir o perdão, o rever, a aceitação desta como condição de aprendizagem e libertação...

As situações podem se constituir voluntaria ou involuntariamente, no entanto, o sofrimento só ganha solo e se mantém quando não há abertura para o aprendizado. Só através deste aprendizado acontece a revisão, o perdão a libertação da dor, pela transformação (interior e exterior) que estes desencadeiam.


Usee

* http://arqueirohur.blogspot.com.br/2014/08/o-sofrimento.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário